Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Book Stories 2.0

Porque todos os livros contam uma história

Book Stories 2.0

Porque todos os livros contam uma história

Conhecem 'Os Benefícios de dar Peidos'?

Book Stories, 12.02.21

3D Book Beneficios de Dar Peidos[10423].png

A nova colecção da Guerra e Paz tem um nome: chama-se Livros Negros. Coisa que a capa não desmente: serão sempre negras as capas, contracapas e badanas da colecção.

E que livros nos traz esta coleção? 

Ora vejamos: livros malditos. Livros proibidos. Sátiras. Livros polémicos, de ataque descabelado. Exaltados manifestos políticos, sociais ou literários. Livros escatológicos.

Tudo com uma condição: ao factor controverso ou de escândalo devem somar indesmentível qualidade literária.

Além disso, todos terão, diz Manuel S. Fonseca, editor da Guerra e Paz, "os cuidados gráficos que os leitores da Guerra e Paz já conhecem dos Livros Amarelos, Livros Vermelhos e Livros Brancos".

A estrear esta colecção, a Guerra e Paz apresenta 'Os Benefícios de Dar Peidos', uma extraordinária e satírica peça literária de Jonathan Swift, que ousa falar de gases e de como retê-los pode ser nefasto.

É a primeira vez que a obra é traduzida em língua portuguesa. Esta belíssima edição incluirá ainda o mais cruel dos panfletos políticos, 'Uma Proposta Modesta',  um poema, 'Cassino e Pedro', e as 'Resoluções para Quando Chegar a Velho'.

Ou seja, há mais Jonathan Swift na Guerra e Paz, juntando-se este a clássicos como As Viagens de Gulliver e A Fábula de Um Barril.

Desassombro, ousadia e genialidade, Jonathan Swift, considerado por muitos como inventor do humor, fez o que mais ninguém fez no século XVIII, expondo a escatologia humana num brilhante texto satírico, cujo título diz tudo: Os Benefícios de Dar Peidos Explicados ou A Causa Fundamental dos Episódios de Indisposição do Belo Sexo Investigada: Onde se prova, a posteriori, que a maioria dos mal-imundos que afligem as senhoras são culpa de flatulências não ventiladas oportunamente.

Na segunda década do século XXI, a Guerra e Paz Editores publica a primeira tradução em português d’Os Benefícios de Dar Peidos, assinada por Ana Relvas França. Ao olfactivo texto sobre gases, esta edição junta uma nova tradução do panfleto político Uma Proposta Modesta. Nesta pérola do humor negro, o autor recomenda que se comam as crianças pobres para assim resolver o problema da fome e da miséria da Irlanda do século XVIII.

Mas há mais para dar neste impiedoso livro preto. Desde logo, um poema de Swift, Cassino e Pedro, cuja tradução, de Jorge de Sena, foi cedida ao editor pela filha do escritor, Isabel de Sena. Por fim, dezassete Resoluções para Quando Chegar a Velho, que encerram com graciosidade e pessimismo esta obra.

Os Benefícios de Dar Peidos chega às livrarias de todo o país no próximo dia 12 de Janeiro. O livro pode ainda ser adquirido no site da editora. A nota inicial deste primeiro livro, de uma colecção que promete apresentar-lhe textos que deram e continuarão a dar que falar, é assinada pelo editor Manuel S. Fonseca.

 

amor-billboard